LOGIN / Acesse o sistema

Esqueceu sua senha? Redefina aqui.

Ainda não possui uma conta? Cadastre-se aqui!

REDEFINIR SENHA

Insira o endereço de email associado à sua conta que enviaremos um link de redefinição de senha para você.

Ainda não possui uma conta? Cadastre-se aqui!

Comitês Comitê de Materiais e Estruturas Inteligentes

Comitê de Materiais e Estruturas Inteligentes

Comitê Executivo

A composição do comitê executivo leva em consideração os diversos temas inseridos na área, uma representação geográfica abrangente, e também a abrangência institucional. Neste contexto, o comitê apresenta a seguinte composição:

Marcelo Amorim Savi (UFRJ) <[email protected]>, Secretário Executivo

Airton Nabarrete (ITA) <[email protected]>

Carlos José Araújo (UFCG) <[email protected]>

Domingos Alves Rade (UFU) <[email protected]>

Aline Souza de Paula (UNB) < [email protected] >

Alberto Paiva (UFF-Volta Redonda) < [email protected] >

Marcelo Areias Trindade (USP-SC) <[email protected]>

Vicente Lopes Jr. (UNESP-IS) <[email protected]>

Valder Steffen Junior(UFU) [email protected]

 

Objetivo:

As estruturas e os sistemas inteligentes são inspirados na natureza buscando reproduzir as características adaptativas dos sistemas naturais. Atualmente, diversas áreas do conhecimento estão explorando as singulares características dos sistemas inteligentes dentre as quais vale destacar a bioengenharia, a engenharia aeroespacial, a robótica e o controle de vibrações. Em linhas gerais, a filosofia de projeto das estruturas e sistemas inteligentes explora características de adaptabilidade fazendo com que os sistemas respondam a excitações externas de uma forma adequada. A concepção desses sistemas está relacionada aos materiais inteligentes utilizados como sensores e atuadores. Existem quatro grupos principais de materiais inteligentes que também podem ser chamados adaptativos ou multifuncionais: piezoelétricos, ligas com memória de forma, materiais magnetoestrictivos, e fluidos magneto-eletro reológicos. Em essência, cada um desses materiais possui um acoplamento entre grandezas mecânicas e não-mecânicas (tipicamente temperatura, campo elétrico ou campo magnético) o que confere suas propriedades adaptativas. A aplicação de cada um desses materiais está associada às características do acoplamento, explicitados por dois aspectos: energia de atuação e frequência de resposta. Visando impulsionar essa importante área no Brasil, diversos grupos de pesquisa de diferentes Universidades no Brasil e no mundo se juntaram no INCT-EIE (Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Estrutura Inteligentes em Engenharia). Um dos objetivos é a disseminação dessa filofia de projeto, agregando os diversos esforços isolados que vem sendo feito por todo o país. Este comitê tem por objetivo divulgar e incentivar o uso desta filosofia de projeto. A participação de todos os interessados é muito bem-vinda.

 

Voltar