Índice Imprimir Busca

EFEITO DA POLARIDADE SOBRE A ESTABILIDADE NO PROCESSO DE SOLDAGEM DO ELETRODO REVESTIDO AWS E-6010

C. G. M. Malcher(1), G. L. R. Soares(1), S. R. Barra(2)

(1)Getsolda ,DEM, CT, UFPA, Av. Augusto Corrêa Sn, Guamá, Belém PA, Cep:66075-970, e-mail: [email protected]
(2)Prof. M. Sc., DEM, CT, UFPA, Av. Augusto Corrêa Sn, Guamá, Belém PA, Cep:66075-970, e-mail: [email protected]

Palavras-chave: Polaridade, Estabilidade do arco e Geometria do cordão.

Resumo

Atualmente a soldagem por eletrodos revestidos ainda é a mais utilizada, devido a facilidade de mão de obra e equipamentos. Contudo, são necessários estudos para se obter maiores propriedades mecânicas, produtividade e estabilidade de arco nesse processo. Neste trabalho foram comparados os efeitos das polaridades(CA, CC+ e CC-) da corrente elétrica sobre a estabilidade e a geometria do cordão de solda.

Nas soldagens empregou-se o eletrodo revestido da classe AWS E-6010 de 3,25 mm de diâmetro da Esab S/A para fazer 3 cordões por chapa de aço ABNT-1020 de 1/4 de polegada, com soldagem manuais realizadas por um soldador profissional cedido pela ETN(Empresa Técnica Nacional LTDA.), na posição plana com simples deposição, corrente de 115 A, 25 cm/min aproximadamente de velocidade de soldagem. As deposições foram realizadas com uma fonte eletrônica de soldagem múltiplos processos(Inversal 300). Para cada polaridade de corrente, foram feitos três passes com tempo de 30 segundos com os dados sendo adquiridos pôr um software específico de soldagem. A analise macrográfica foi feita usando o ácido nítrico diluído em 4%(Nital a 4%) para ataque de dez segundos nos corpos de prova, depois de reduzir as imperfeições com as lixas de números 180, 400 e 600.

Os resultados médios dos 3 cordões de cada chapa foram:




A macrografia apresentou melhor penetração nos três cordões para polaridade inversa CC+(Fig. 2-cordão 3). Os gráficos de tensão, corrente, gases e salpicos produzidos mostraram simultaneamente que a soldagem do eletrodo revestido celulósico é mais estável no modo polaridade inversa(tensão e corrente do cordão 3).

Mostrando a polaridade CC+ ideal para soldagem do eletrodo AWS E-6010.

Agradecimentos: os autores agradecem a Empresa Técnica Nacional LTDA., Centro Tecnológico pelo material de consumo.

Referências:

- Norrish, J. - Advanced Welding Processes, IOP Publishing LTD, N. Y., 1992.
- Guerra, I. M.- Soldagem e Técnicas Conexas: Processos, Livro editado pelo autor, Porto Alegre, 1996.
- Quites, A. M. e Dutra, J. C.- Tecnologia da Soldagem a Arco Voltaico, EDEME, 1979.
- Wainer, E., Brandi, S. D. e Mello, F. D. H. - Soldagem Processos e Metalurgia, Ed. Edgard Blucher LTDA, São Paulo, 1992.